segunda-feira, 20 de agosto de 2018

Música Relaxante - Acalmar a Mente e Relaxar


Terapia Reiki pode curar vários tipos de depressão



O mal de século, a doença da alma, o estado limitante desarmonizador , isso é exatamente o que algumas pessoas definem para os estados depressivos, onde muitas pessoas passam por tanta dor e sofrimento nos tempos moderno.
É muito importante salientar que o Reiki é apenas uma ferramenta complementar para o tratamento, ou seja, não recomendo parar o tratamento convencional caso você esteja submetido a algum. 
As informações aqui contidas são baseadas na minha experiencia pessoal como terapeuta holístico.

Existe diversas formas de depressão as mais comuns são:
1) Depressão Diante Uma Perda
2) Depressão Bipolar
3) Depressão por esgotamento;
4) Depressão por causa da idade;
5) Depressão Espiritual;

1) Depressão Diante uma Perda;
Este é o tipo mais comum de estado depressivo. 
Quando há uma grande perda de uma pessoa querida, seja porque ela desencarnou ou porque houve um abandono, manifestando dor e tristeza a nível emocional, no qual podemos cair mais e mais.
Este tipo de depressão afeta todas aquelas pessoas que são muito introvertidas, inseguras e sensitivas. 
Não é fácil de superar e, em todo caso, é preciso ajuda profissional. 
Esse estado pode ser curado com o tempo de forma naturalmente, porém deve-se observar pois pode afundar e gerar outros tipos de depressão.
Podemos lidar nesse caso especifico fazendo Reiki que ajuda e gera alivio emocional.

2) Depressão Bipolar;
Muitos de nós sabemos o que é a bipolaridade, é um estado na qual em um momento estamos felizes e em outro estamos tristes. 
Essa mudança drástica de estados pode nos levar a gerar uma depressão, também conhecida de bipolar.
Uma pessoa que sofre com esse tipo de depressão tem muitos momentos nos quais não quer viver mais ( sempre acredita que a morte é a solução para seus problemas) , mas também tem muitos outros nos quais está muito feliz. Isso gera um estado de confusão nas pessoas que estão a sua volta, pois não se sabe o real estado da pessoa.
O estado de bipolaridade em si pode desenvolver uma depressão. 
Geralmente as pessoas não sabem quando podem estar felizes ou tristes, é muito relativo. 
E estar nesse estado pode causa depressões bastante graves.

3) Depressão por Esgotamento;
Lembra de quando era mais novo e se sentia esgotado? Cansado de estudar, de acordar cedo, de ser o melhor da sua sala ou o pior… 
Este estado depressivo afeta aquelas pessoas que são muito cobradoras de si mesmo e que estão continuamente pressionadas por elas mesmo ou algo externo.
Isso também pode ocorrer no trabalho ou em casa. Quando as exigências são muito altas e pesadas, elas podem gerar um esgotamento mental e físico que pode nos levar a um estado de grave depressão.
É necessário que relaxemos diante das cobranças da vida. A verdade é que ser o melhor nem sempre vai ser o mais saudável para todos.

4) Depressão por causa da Idade;
Em algumas situações este problema surge de forma natural ao termos uma certa idade. 
Uma idade na qual nos sentimos maduros e na qual notamos que estamos chegando ao fim do ciclo da vida aqui na terra.
A depressão pela idade costuma surgir em torno dos 50 anos, momento no qual há um ponto de conflito interno. Começamos a ver aquelas oportunidades que aproveitamos e aquelas que não vamos conseguir, o que fizemos de errado, a culpa que sentimos…
Isso pode gerar muitos conflitos internos.
Começamos a notar que estamos mais velhos e vamos, pouco a pouco, caindo em uma depressão. Quando fiquemos doentes por qualquer coisa, o medo da morte se apodera no nosso corpo mental e emocional.
Para evitar isso, não há nada melhor do que viver nossa vida aceitando os erros e os enganos que cometemos no passado ( literalmente viver no presente) . 
Devemos aproveitar cada momento e nunca adiar aquilo que queremos realizar agora, no presente.

5) Depressão Espiritual;
Esse é um tipo de depressão que acompanhe todos os outros tipos, porém, o seu entendimento vai depender de sua crença.
Segundo espiritualistas nossos pensamentos e sentimentos atrai seres de mesma frequência e vibração, diante disso, é atraído seres sofredores em que em alguma época especifica passaram pelo mesmo processo depressivo e não se harmonizaram. 
São seres sofredores que ainda não atingiram o grau de adiantamento moral e ficam vagando e gerando mais desarmonia naquelas pessoas que estão em estado depressivo.

Estes são algum dos tipos de depressões, existem várias outras, mas o objetivo não discutir um problema, mas trazer boas soluções para isso. 
Talvez esse artigo foi útil para você, ou pode ser útil para alguém que você goste, marque uma consulta no Espaço Zen

Musica para aplicar Reiki


domingo, 5 de agosto de 2018

sexta-feira, 29 de junho de 2018




Depressão pode matar, mas tem tratamento!

A depressão é um transtorno mental, causado por uma complexa interacção entre factores orgânicos, psicológicos, ambientais e espirituais, caracterizado por angústia, rebaixamento do humor e pela perda de interesse, prazer e energia diante da vida.
Genes, neurotransmissores, nutrientes celulares, substâncias químicas, auto-estima, pensamentos, personalidade, crenças, reacções emocionais, conflitos inconscientes, factores sócio-culturais e ambientais, entre outros, podem predispor o indivíduo a desenvolver depressão.

Contudo, é necessário estar atento, pois há diferença entre depressão e tristeza:

- Tristeza: reacção emocional normal a várias situações desagradáveis, como ser demitido do emprego, reprovado em algum teste ou perder um parente. Após 6 a 8 semanas e sem intervenções médicas ou psicoterapia, a pessoa volta ao normal.

- Depressão: é mais intensa, angustiante, seguida por auto-desvalorização e desmotivação, que arrasta por meses ou anos e compromete a vida pessoal, social, profissional e familiar do deprimido.

Paciente e pessoas com quem convive, muitas vezes não percebem as causas da doença, por envolver conteúdos inconscientes e processos psicológicos e orgânicos complicados. É necessário o apoio especializado de médicos e psicólogos e terapeutas.

Depressão pode matar, mas tem tratamento!

Você sabia?
A depressão é a principal causa de problemas de saúde e deficiência em todo o mundo. De acordo com a OMS, mais de 300 milhões de pessoas vivem com depressão, um aumento de mais de 18% entre 2005 e 2015.

A falta de apoio às pessoas com transtornos mentais, juntamente com o medo do estigma, dificultam o acesso ao tratamento que necessitam para viver uma vida saudável e produtiva.

A taxa de suicídios atribuída à depressão aumentou, apesar dos esforços em estabelecer e manter centros de prevenção e suicídio em todo o território nacional.

Drogas antidepressivas custam menos dinheiro que a psicoterapia, porém não funcionam para todos os pacientes deprimidos, dos quais apenas em torno de 60 a 65% respondem aos medicamentos de forma eficaz .

sexta-feira, 8 de junho de 2018

7 incríveis benefícios do Reiki





Reiki trabalha em diferentes níveis o físico, mental, emocional e espiritual reforçando tudo na vida. Reiki não é apenas um dos mais antigos sistemas de cura em uso, é também um dos mais versáteis. Este antigo método japonês de cura utiliza energia para equilibrar o corpo e a mente, e seus benefícios podem ser sentidos tanto pelo terapeuta como pelo utente. Na verdade, o Reiki é acreditado para melhorar praticamente qualquer aspecto da vida, da saúde física ao bem-estar emocional para a redução do stress e clareza mental. As técnicas de Reiki são usadas para curar o corpo, mente e espírito. Está provado que o Reiki pode ajudar as pessoas que sofrem de várias doenças maiores e menores. É muitas vezes usado como terapia complementar em vários hospitais nos dias de hoje. Reiki não só ajudou pacientes com doenças físicas, mas também ajudou aqueles com problemas psicológicos menores também.

1 - Um dos maiores benefícios da cura Reiki é a redução do stress e relaxamento, que desencadeia as habilidades de cura natural do corpo (sistema imunológico), ajuda a dormir melhor e melhora e mantém a saúde.

2 - Reiki ajuda a trazer paz interior e harmonia. É uma ferramenta valiosa na busca pelo crescimento espiritual.

3 - Reiki também equilibra a mente e emoções. Tratamentos Reiki regulares podem trazer um estado mais calmo e mais pacífico de ser, em que uma pessoa é mais capaz de lidar com o stress diário. Este equilíbrio mental também melhora a aprendizagem, memória e clareza mental. Reiki pode curar ferimentos mentais/emocionais. Em situações mais graves, Reiki pode ajudar a aliviar oscilações de humor, medo, frustração e até mesmo raiva. Reiki também pode fortalecer e curar relacionamentos pessoais. Porque Reiki aumenta sua capacidade de amar, ele pode ser ampliado até as pessoas ao seu redor e ajudar no crescimento dos seus relacionamentos. Ao melhorar sua capacidade de empatia, Reiki permite que você se conecte com as pessoas num nível mais profundo.

4 - Reiki oferece alívio durante angústia emocional e tristeza. O Reiki ajuda no processo de luto. Limpa as emoções, impedindo-as de serem demasiado drenantes.

5 - No nível físico, Reiki ajuda a aliviar a dor da enxaqueca, artrite, ciática apenas para citar alguns. Ele também ajuda com sintomas de asma, fadiga crónica, sintomas da menopausa e insónia.

6 - Reiki acelera a recuperação da cirurgia ou doença de longo prazo. Como ele ajuda no ajuste à medicina/tratamento, também tende a reduzir os efeitos colaterais. Por exemplo, pacientes com Quimioterapia que receberam Reiki notaram uma diminuição acentuada nos efeitos colaterais do tratamento.

7 - Reiki pode ser uma maneira eficaz de tratar problemas imediatos, tais como doenças físicas ou mentais (recuperação da cirurgia, mas os tratamentos regulares também podem melhorar a saúde geral.Por ajudar a manter um estado de equilíbrio físico e emocional, Reiki não só pode tratar problemas, Mas talvez até mesmo impedi-los de se desenvolver.

quinta-feira, 12 de abril de 2018

QUE ASSIM SEJA…




Que eu seja presente, entusiasmada e corajosa todos os dias, em todos os momentos, de todas as maneiras que eu puder.
Que eu gere e propague energia positiva e optimista aonde quer que eu vá, por onde quer que eu passe.
Que sendo a ponte de transformação que eu quero ser para o meu semelhante, eu seja também fonte de inspiração, generosidade, ousadia e amor.
Que não me faltem razões para acordar todos os dias da minha vida com vontade plena de viver e de fazer o bem aos outros e a mim mesma.
Que não me faltem razões para agradecer cada vez um pouquinho mais, com sentimento sincero, vontade genuína e coração aberto.
Que eu seja compassiva, porém firme nas minhas ações.
Que eu saiba ser exemplo de liderança para mim mesma, e que, ao me olhar no espelho, eu consiga enxergar com orgulho e admiração o ser humano que eu me tornei.
Que eu pratique o perdão.
Que eu saiba perdoar.
Que eu erre tentando acertar.
Que eu aprenda com os meus erros.
Que eu tenha força suficiente para me colocar de pé novamente e, quando for preciso, que eu saiba me refazer e me reconstruir.
Que a fé seja minha companheira inseparável de estrada, guiando-me os passos, mesmo quando eu sentir que já não posso mais caminhar.
Que eu seja grande o suficiente para pedir ajuda, que eu seja grande o suficiente para ajudar.
Que eu não carregue pesos desnecessários.
Que eu não seja envolvida por energias ruins.
Que eu conserve a minha sanidade e mantenha a minha paz em todos os momentos, em todos os lugares, com a certeza de que eu sou capaz de programar e reprogramar a minha mente em qualquer situação, basta aprender. E querer.
Que eu entenda que certas coisas não estão em minhas mãos, e que, por não dependerem de mim, são como são.
Que eu saiba lutar por tudo aquilo que eu quiser, que eu não seja comodista nem conformada, mas que eu também tenha serenidade para aceitar o que simplesmente é do jeito que é, sem revolta, ódio ou derrotismo.
Que eu saiba reconhecer minhas fraquezas e transformá-las em fortalezas. Que eu saiba exaltar e usar as minhas forças para o bem e para o amor, na certeza de que ainda tenho muito que aprender.
Que a minha luz seja tão intensa que no meu caminho não exista mais a escuridão.
Que eu seja lanterna para o caminho dos outros.
Que eu seja ponto de luz, para que o meu semelhante entenda que ele não está sozinho.
Que eu possa fazer valer a pena todos os dias da minha vida, levando esperança quando faltar a fé; levando alegria quando a tristeza chegar; levando coragem quando vier o medo; levando luz à escuridão, amor ao ódio, gratidão à ingratidão, otimismo ao pessimismo, energia vital à procrastinação.
Que eu seja, enfim, a mudança que eu quero ver no mundo, ciente de que vivi intensamente, amei profundamente e fui o melhor que eu podia ser.
Que eu seja verdadeira com o meu próprio EU, e que  viva o propósito de ser eu mesma a cada segundo.
Que eu me respeite.
Que eu te respeite.
Que exista mais respeito no mundo.
Que assim seja.

QUANDO PENSAR EM DESISTIR............



Quando você pensar em desistir, olhe para o lado que realmente importa, o lado de dentro, e então se pergunte qual é a sua razão maior, o seu porquê, o motivo que te fará mais forte e mais capaz do que qualquer porém.
Do que qualquer pesar.
E vai.
Quando você pensar em desistir por causa deles, olhe para eles, e se pergunte quando foi que você deixou de ser importante para si mesmo, quando foi que a imagem reflectida do outro lado do espelho deixou de ser a sua, quando foi que opiniões, críticas e julgamentos de quem nunca realmente parou para te olhar de verdade invadiram a sua vida e domaram as suas escolhas dessa maneira.
E então deixe ir o peso do outro.
Foque no que te fortalece.
Mire no que te faz leve.
E vai.
Quando você pensar em desistir por causa das circunstâncias, se pergunte qual é o propósito de tudo, da onde vem o aprendizado, o grande legado, o motivo que te fará agradecer mesmo quando a tristeza vier.
E então se concentre no lado bom de todas as coisas, na sabedoria do universo, na certeza de que amanhã é sempre outro dia e que não há sofrimento ou dificuldade que dure para sempre.
E vai.
Quando você pensar em desistir por causa de si mesmo, se pergunte quem é você e qual é a sua missão nesse mundo.
E então avalie se o desistir tem a ver com ser forte, sábio e consciente (porque às vezes desistir exige mesmo uma coragem imensa) ou se é só uma maneira covarde de fugir da batalha antes mesmo da luta.
E se for por falta de tentativa, e se for por medos e receios de não ser capaz, encontre dentro de si mesmo a força que te move a levantar da cama todos os dias.
E vai.
Quando você pensar em desistir por causa do tempo, se pergunte o que realmente importa na vida: a direcção ou a velocidade.
E então comece a olhar para todas as coisas com a curiosidade e a aventura da criança e a sabedoria e a experiência do idoso.
Do tempo passado, pegue o que te faz melhor, inspire-se no que te faz sorrir, orgulhe-se das cicatrizes, coleccione histórias, mas siga em frente.
Do presente nasce o recomeço.
E o tempo nos ensina que nunca é tarde demais.
Agarre-se na infinidade do agora, seja presente de corpo, alma e coração.
Faça sempre o seu melhor.
Seja sempre o seu melhor.
Não dê demasiada importância a um futuro que você nem sabe se vai chegar.
Vista o seu melhor sorriso, confie na força da sua intuição.
Arregace as mangas.
Tire o sapato.
Deixe o vento bater no rosto.
Deixe despentear.
E vai.
Quando você pensar em desistir, quando o barco virar e o mar estiver revolto demais, quando a única alternativa que restar de tudo isso for lutar ou morrer, agarre-se na sua fé, acredite no seu milagre, pule nas águas. E nade.
Quando você pensar em desistir, justamente porque não sabe nadar, olhe para o mundo com gana de herói, com olhos de quem desafia o impossível e faz valer a pena cada segundo da vida.
E pula na água.
Pula na água.
Quando a gente não sabe o que fazer, a gente aprende.

quarta-feira, 11 de abril de 2018

Esgotamento psicológico: Nem sempre é fraqueza, às vezes é por ter sido “forte” demais.



Há momento em que desmoronamos por sermos fortes demais, por suportar demais. Ficamos disponíveis por muito tempo, assumimos muitas responsabilidades. Quando há muitos “demais” em nossas vidas o esgotamento psicológico torna-se normal.
O esgotamento psicológico é geralmente um processo lento que não percebemos. O problema é que explode em situações “sem importância” as quais, em outras circunstâncias, nem daríamos importância. A gota d´água pode ser qualquer coisa que nos impeça de avançar. Então, despencamos. Literalmente.

O que é o esgotamento psicológico e quais são as suas causas:

O esgotamento psicológico é um estado de muito cansaço mental e emocional, diversas vezes acompanhado de falta de força física. Este estado de desgaste extremo é causado por excesso de recursos emocionais e cognitivos exigidos. Em outras palavras: Deixamos de dar conta de nós mesmos. É como uma sensação de “preguiça” ou “inércia” física e mental, um “peso” carregado no dia a dia.

As causas da exaustão psicológica são variáveis, embora em muitos casos há uma constante: Dar demais e receber muito pouco. O esgotamento aparece como resultado de uma entrega excessiva, seja no trabalho, aos outros, a um grande projecto. Mas também pode e aparece em situações quotidianas, tarefas rotineiras.
Na prática, é como se fizéssemos saques no nosso caixa emocional e não nos preocupássemos em obter alguma renda. Não descansamos o suficiente, dedicamos pouco tempo a nós mesmos ou recebemos pouco carinho de quem nos cerca.

Há também casos em que o cansaço mental é efeito de muitas mudanças, até mesmo positivas, em pouco tempo. Quando tudo acontece muito rápido, perdemos a habilidade de gerenciar e nos sentimos sobrecarregados. É quando a gente sente que tem tudo o que quer, mas na nossa cabeça parece ter um sensor avisando de que algo está errado.

Fadiga mental: Sintomas que indicam uma futura exaustão:

1. Perda de energia. A sensação de exaustão geralmente se reflecte primeiro fisicamente, por conta disso é normal que você se sinta sem disposição para levantar de manhã, parece que ao abrir os olhos é difícil ter coragem para o encarar o dia.

2. Irritabilidade. Um dos sintomas mais  óbvios do esgotamento é o nervosismo, irritabilidade, hipersensibilidade, porque você perde o autocontrole. Simultaneamente, passa a interpretar situações comuns como se fossem ameaças, o que faz você ficar na defensiva.

3. Insónia. É comum não conseguir dormir por conta de problemas mal resolvidos, e também que problemas sejam mal resolvidos por conta de noites ruins de sono. Um ciclo se forma.

4. Anedonia.  Você se torna incapaz de desfrutar das coisas que gostava de fazer. É como se você estivesse num limbo, flutuando, distante da realidade.

5. Perda de Motivação. Quando você está esgotado psicologicamente, é comum aparecerem sentimentos de desencanto, desespero, apatia. A motivação para se engajar em coisas novas sumir e você ficar estático diante da sua vida.

6. Falhas de atenção. Atenção é um dos primeiros processos psicológicos afectados pelo esgotamento. É provável esquecer mensagens, onde deixou algo importante. Isso acontece porque sua mente está saturada demais para continuar processando informações.

7. Pensamento Lento. O esgotamento afecta brutalmente a sua capacidade raciocínio. Aquilo que antes era uma moleza de fazer, passa a ser difícil porque seus processos cognitivos estão travando.

Quem são as pessoas mais vulneráveis ao Esgotamento Psicológico:

Todos podemos nos esgotarmos psicologicamente, especialmente quando passamos por situações muito stressantes. Mas existem características de personalidade que tornam alguns mais vulneráveis que outros.

Como os perfeccionistas, pessoas com dificuldade para compartilhar tarefas,aqueles que possuem hipersensibilidade emocional e os chamados “mãos para toda obra” que se tornam incapazes de relaxar de seus afazeres.

Remédios para fadiga mental: 5 regras a seguir.
Todos devem encontrar seu próprio remédio para seu esgotamento, o que significa que você deve detectar o que está te deixando assim. Lembre que há momentos que uma simples mudança de perspectiva já altera as coisas significativamente.

No entanto, aqui estão cinco boas lições para seguir:

1. Descanse! Para ser eficaz e produtivo, você necessita de descanso. É fundamental encontrar um equilíbrio as obrigações e o tempo para ficar livre e descansar. Encontre tempo para relaxar, isso será como um investimento na sua saúde!

2. Prioridades. O dia sempre vai ter apenas 24 horas, mesmo que você queira aumentá-lo. Por isso, deve aprender a ter contar não só as coisas que parecem urgentes, mas também as que de dão prazer e satisfação. Encher a sua vida apenas com tarefas que te provocam stress é a receita para ter um esgotamento grave.

3. Seja menos exigente consigo mesmo. Você não é um super homem ou uma super mulher, seja realista. Não há nada demais em se equivocar, ou que algumas coisas ainda não estejam como você gostaria. Não é desleixo, é sensatez.

4. Seja mais compassivo. Relacione consigo mesmo de uma forma mais positiva e compassiva. Modelo o discurso sobre você mesmo para que tenha mais confiança, no lugar de se reprimir e fazer críticas pesadas demais. O que você fala para si mesmo pode te ajudar a ser mais leve.

5. Reencontre-se! O esgotamento psicológico criar em torno de nós uma camada, cheia de angústias que nos fazem esquecer de nós mesmos. Por tanto, é importante que você encontre um espaço só seu. Algum momento que você encontre um espaço para se conectar com as suas necessidades.

A terapia Reiki pode ajudar muito a ter uma vida normal, marque uma sessão e comprove os benefícios que pode tirar desta terapia

terça-feira, 10 de abril de 2018

A terapia reiki é cada vez mais usada em doentes com cancro em Portugal



O reiki é cada vez mais usado para reduzir os sintomas da quimioterapia e ajudar ao relaxamento destes pacientes, segundo médicos e terapeutas.

No Hospital de São João, no Porto, o Conselho de Administração autorizou já a aplicação de terapia reiki aos doentes oncológicos em ambulatório, sendo aplicada por enfermeiros com formação naquela terapia alternativa e em regime de voluntariado.

O reiki é uma terapia japonesa que consiste em canalizar a energia colocando as mãos em cima do corpo e pretende promover o equilíbrio global, segundo a Associação Portuguesa de Reiki.

A médica oncologista Fátima Ferreira explicou à agência Lusa que os doentes em quimioterapia submetidos ao reiki dizem conseguir aguentar melhor os efeitos secundários, como náuseas e vómitos, e acabam por sentir-se mais relaxados, aceitando melhor a sua doença.

“Tem sido uma ajuda muito positiva para os nossos doentes. Mas isto não vai substituir qualquer tratamento de quimioterapia ou radioterapia, nem é esse o objetivo. Funciona como um complemento, como uma ajuda psicológica”, indicou a médica.

No Hospital de São João este projecto foi impulsionado pela Associação de Apoio aos Doentes com Leucemia e Linfoma, com base numa investigação realizada por uma enfermeira naquela unidade que demonstrou os benefícios do reiki para os doentes com cancro.

(restante informação em: https://lifestyle.sapo.pt/saude/noticias-saude/artigos/reiki-cada-vez-mais-usado-em-doentes-com-cancro-para-reduzir-efeitos-da-quimioterapia-2)

quinta-feira, 29 de março de 2018

A GLÂNDULA TIMO


No centro do peito, atrás do osso onde as pessoas tocam quando ele diz 'EU', existe uma pequena glândula chamada timo. Seu nome em grego, "thymos " significa energia vital. Será preciso dizer mais?
Sim, é preciso dizer algo mais ... Porque o timo continua sendo um grande desconhecido. Ela cresce quando estamos alegres e se encolhe pela metade quando estamos stressados e mais ainda quando adoecemos.
Se somos invadidos por micróbios ou toxinas reage imediatamente produzindo células de defesa.
Mas também é muito sensível a imagens, cores, luzes, cheiros, sabores, gestos, toques, sons, palavras e pensamentos.
Amor e ódio o afectam profundamente.
Os pensamentos negativos têm mais poder sobre ele que os vírus e bactérias.
Como essa atitude negativa não existe de forma concreta, o timo tenta reagir e enfraquece com a luta contra o invasor desconhecido e abre espaços para sintomas de baixa imunidade, como herpes.
Em compensação os pensamentos positivos conseguem activar todos os seus poderes, lembrando que a fé remove montanhas.

Um teste de pensamento, este simples teste pode demonstrar essa conexão:

Una o seu polegar e o dedo indicador na posição de 'ok', pressione com firmeza e peça a alguém para tentar abri-los enquanto você pensa * estou feliz.
Em seguida, repita com o * pensamento * Eu sou infeliz.
A maioria das pessoas manteve a força do dedo com o pensamento feliz e enfraquece quando você pensa que é infeliz.
Acontece que, se você quiser, você pode exercitar o timo para aumentar sua produção de riqueza e felicidade.

Na parte da manhã ao levantar ou à noite antes de dormir:

a) - Em pé, joelhos levemente dobrados (a distância entre os pés deve ser o mesmo ombro). Coloque o seu peso em toda sola do seu pé mas sobre os dedos e não sobre o calcanhar e mantenha todos os músculos muito relaxados.

b) - Feche qualquer uma das mãos e começar a tocar continuamente com os nós dos dedos no centro do peito, marcando o ritmo, assim uma forte e duas fracas. Siga fazendo isso de 3 a 5 minutos, respirando calmamente, enquanto observa a vibração em toda a região torácica.

O exercício estará atraindo o sangue e a energia para o timo, fazendo-a crescer em vitalidade e também beneficiando o pulmão, coração, brônquios e garganta.
Ou seja, enchendo o peito de algo que era seu e só estava esperando um olhar de reconhecimento para se tornar corajoso, calmo, nutrido emocionalmente como um abraço.

Você Não É A Sua Depressão



Para quem se descobre com algum sintoma depressivo e vive numa montanha russa de dias estáveis e de repente uma mudança brusca de humor, uma tristeza que vem do fundo da alma, uma vontade absurda de não fazer nada, de ficar ali estático, inerte à tudo, você não está sozinho!
Uma pessoa com depressão não tem uma personalidade fraca ou inferior aos outros.
Mas saiba que nada dura para sempre, e aquele velho ditado de um dia após o outro é a maior verdade da vida!
Aqui, eu serei totalmente sincera dando algumas dicas do que faço para aliviar as minhas dores de uma pessoa que sente muito, muito mesmo, mas que aprendeu que sentir muito NÃO é problema, e sim uma vantagem, nesse mundo louco de gente mesquinha que só se importa com o próprio umbigo:

Dica 1 – Chore no seu cantinho favorito da casa, o meu é o meu quarto. Lugar que eu me sinto mais confortável, e também te dá a opção te abraçar o travesseiro e deitar em várias posições. Mas vale a pena chorar no chuveiro, é o meu segundo lugar favorito! Sentir a lágrima se perdendo em meio à água morna cair no corpo é bem relaxante.

Dica 2– Respire devagar. Parece uma dica idiota! Eu sou acelerada, em meio a correria do dia-a-dia esquecemos cada vez mais dos princípios básicos do nosso corpo! Então respire e inspire em algum lugar bem silencioso, de olhos fechados, até que você se escute fazendo isso e se vá se tranquilizando aos pouquinhos.

Dica 3– Assista a algum filme que você sabe que vai chorar muito. Por que disso? É comprovado cientificamente que assistir filmes que te fazem chorar por algum motivo, depois de acabado o filme e chorado horrores te dá uma sensação de alívio. Então, sério, arrisque-se!

Dica 4– Permita-se sair da dieta! Coma aquela bomba calórica que você mais ama, se enfie num pote de Nutella com morangos dentro, e se lambuze! Suje o canto dos lábios, os dedos e ria de si mesmo por ser um completo idiota por estar todo sujo, tendo que ir se lavar.

Dica 5– Pratique a Pet Terapia! Se você não tem algum bicho, vá até a casa de algum amigo que tem, vá na casa de um vizinho, fale com algum animal abandonado na rua, mas pelo amor de Deus, entre em contacto com esses bichos sagrados! Estar em contacto com eles é algo incrível e só entende quem pode usufruir desses momentos mágicos! É valioso demais quando um bichicho te olha bem no fundo do olho e te compreende como nenhum humano seria capaz de fazer.

Dica 6– Não tenha medo de falar dos seus pesos. Eu sei que a gente tá numa sociedade egoísta e que na maioria das vezes NINGUÉM tá se importando com os nossos problemas, com as nossas queixas, com as nossas dores de fato, mas eu tenho certeza que você deve ter pelo menos um amigo, ou um ente querido que se importa com você, então por obséquio: CHORE NO OMBRO DELE. DIVIDA SUAS DORES! Compartilhe seus pesos! Desabafar alivia muito mesmo. Então pare de tentar se curar sozinho e achar que você é um peso para alguém, porque você NÃO é, e quem te ama quer estar com você, nos dias ruins também.

Dica 7– Se livre de pessoas tóxicas! Sério, aquele velho papo das energias negativas é verdade mesmo, se afaste de pessoas negativas, que te colocam para baixo, e você vai ver como sua vida vai melhorar. Se aproxime de pessoas que querem o seu bem, e que se importem de verdade em como vai você, e com os seus sonhos mais malucos.

Dica 8– Cuide-se! Eu sei que nesse período de oscilação de humor, e de depressão e da fase de tristeza você só quer ficar na cama, assistindo a coisas idiotas que não te fazem pensam em como solucionar os seus problemas, e sim em como fugir deles, mas por favor, lembre-se que uma hora isso vai passar, e que seu corpo precisa de você para existir, então: lembre-se de se alimentar de três em três horas, e de se exercitar com uma certa frequência!

Dicas 9– Os dias ruins sempre vão voltar, mas lembre-se que ostra feliz, não faz pérola, ok? Não se cobre tanto! Você está fazendo um bom trabalho! Um dia de cada vez! Leia tudo isso de novo, SEMPRE que necessário.

Dica 10– Amor-próprio é o PRIMEIRO amor. Eu sei, é difícil se amar quando se olha no espelho e não vê nada que te agrada, ou quando não pensa em nada de útil que faz, mas sério, se você é uma pessoa com sentimentos a pontos de ter um quadro depressivo pode ter CERTEZA de que você é incrível pois ter sentimentos já te torna diferente de muitos outros seres nesse mundo. Então, ame-se por isso, ame-se por sentir, ame-se mesmo pelas suas fraquezas, pois sem as dores, não viriam os dias fortes! Ame-se em primeiro, pois sem amor próprio é impossível amar verdadeiramente outras pessoas!

“E se tropeçar, do chão não vai passar, quem sete vezes cai levanta oito…”


quinta-feira, 22 de março de 2018

Pequeno dicionário de óleos essenciais



ORGANIZAR Alecrim:
Tónico, estimulante, alivia dores musculares e reumáticas, artrite, elimina toxinas, acne, combate o cansaço, estimula a concentração mental, fortalece a memória.

ENERGIZAR Basílico(manjericão):
Tónico nervoso, alivia cãibras, combate fadiga, estimulante mental, memória, clareia os pensamentos, depressão, ansiedade, repelente de insectos.

RELAXAR Bergamota:
Bactericida, cólicas, perda de apetite, estimulante digestivo, cândida, dermatoses, angústia, stress, calmante, antidepressivo, ansiedade.

SOS - ACEITAR Camomila:
Analgésico, anti-inflamatório, problemas estomacal, hepáticos e menstruais, TPM, peles sensíveis, dermatose, alivia insónia, insatisfação, impaciência, enxaqueca, sinusite alérgica, anti-espasmódico.

TONIFICAR Canela:
Analgésico, bactericida, gripe, estimulante sexual, cólicas e diarreias, intuição, aquece, conforta, fadiga.

REFRESCAR Capim Limão:
Bactericida, cólicas, diurético, digestivo, poros dilatados, acne, esgotamento mental, harmoniza o sistema nervoso, relaxa, repelente de insectos.

FORTALECER Cedro:
Infecções, anti-séptico urinário, cistite, alivia o reumatismo, asma, problemas respiratórios, dermatose, celulite, ansiedade, tensão nervosa, medo, raiva, conforta.

ESTRUTURAR Cipreste:
Circulação, retenção de líquidos, celulite, varizes, hemorróidas, limpeza facial, problemas respiratórios, gripe, expectorante, perda de concentração, tensão.

PURIFICAR Citronela:
Bactericida, tónico, estimulante, desodorizante, higienizador e purificador ambiental, combate pulgas, carrapato e mosquitos.

REGULARIZAR Sálvia Sclarea:
Relaxante, fortalece o organismo, excelente para TPM, tensão, regulador feminino, auxilia no parto, frigidez, celulite, antidepressivo, stress, pânico, agressividade.

CENTRAR Cravo:
Analgésico, bactericida, fungos, ácaros, digestivo, dor de dente, anti-séptico bucal, repelente de insectos, estimulante da memória, aquece, concentra, exótico e afrodisíaco.

PRODUZIR Erva Doce:
Digestivo, cãibras abdominais, anti-espasmódico, flatulência, TPM, menstruações irregulares, incentiva a lactação, sistema nervoso,stress.

LIMPAR Eucalipto:
Grande expectorante, deficiências respiratórias como: asma, bronquite, resfriados e sinusite; dores musculares, artrite, bactericida, higienizador e purificador do ambiente, cansaço, concentração mental, comunicação, repelente de insectos.

REESTRUTURAR Gengibre:
Analgésico, tónico, estimulante, excelente para dores, tensões musculares, estrutura vertebral, estrutura óssea, digestivo, cãibras, enxaqueca, tónico sexual e auxilia a concentração.

REJUVENESCER Gerânio:
Desintoxicar, diurético, celulite, obesidade, TPM, pele oleosa, rejuvenescedor, rugas, harmoniza, acalma, antidepressivo, ansiedade, raiva, tristeza, afrodisíaco, repelente de insectos.

ATIVAR Grapefruit:
Relaxante, refrescante, restaurador, depurativo, diurético, celulite, bactericida, revigorar, fadiga mental e física.

DESEJAR Jasmim:
Analgésico, dores em geral, tensões musculares, cãibras, auxilia no parto, afrodisíaco, frigidez, trauma, rejeição, pânico, medo, paranóia, melancolia, depressão, rejuvenescedor.

FORTIFICAR Junípero:
Desintoxicante hepático e renal, diurético, bactericida, dores musculares, artrite, celulite, micoses, acne, purificador ambiental, medo e insegurança.

ALEGRAR Laranja Doce:
Revigorar, estimulante, diurético, digestivo, fadiga, apego, combate a melancolia, estados de depressão, tristeza, ansiedade, tensão nervosa.

SOCORRER Lavanda:
Bactericida, regenerador celular, enxaqueca, hemorróidas, herpes, dores em geral, hipertensão, relaxante e calmante, flatulência, cólica, TPM, medo, traumas, ansiedade, stress, melancolia, tensão nervosa, auxilia no parto e pós parto, cicatrizante, queimaduras, equilibra e harmoniza.

CONFIAR Limão Tahiti ou Siciliano:
Estimulante, bactericida, tónico imunológico, germicida, concentração, memória, lucidez, convalescença, circulação feminino, problemas digestivos, gripes, resfriados, fadiga, purificação ambientes.

HARMONIZAR Mandarina:
Anti-espasmódico, cãibras, herpes, digestivo, insónia, relaxante, trauma, mau humor, irritabilidade.

CONFORTAR Manjerona:
Regenera o sistema nervoso, hepático, dores de cabeça, artrite, dores musculares, ansiedades, angústias, depressão, insónia.

TOLERAR Menta:
Tónico nervoso e hepático, indigestão estomacal, náuseas, sensações de calor (menopausa), dores musculares, cãibras, reumatismo, expectorante, clareia a memória, fadiga, concentração, revigorar.

ESTAR Noz Moscada:
Estimulante nervoso, afrodisíaco, digestivo, diarreias, auxilia o processo do parto (contracção uterina), convalescença, tristeza, insegurança.

MEDITAR Olíbano:
Anti-séptico pulmonar, tosses constantes, bronquite, gripes, bactericida, suavemente estimulante, cicatrização, rejuvenescedor, regenerador celular, rugas, ansiedade, tensão, purificador do ambiente, rituais e cerimonias (casamentos, baptizados e bodas), protecção.

CENTRALIZAR Patchouli:
Rejuvenescedor, regenerador, acne, cicatrizante, tónico sexual, bactericida, calmante e relaxante, meditação.

ADAPTAR Palmarosa:
Regenerador celular, rejuvenescedor, dermatoses, limpeza facial, stress, nervosismo, antidepressivo, fadiga.

REATIVAR Petitgrain:
Fadiga mental e física, exaustão, refrescante e relaxante, revitalizar, clareia mente e memória, diurético e digestivo, bactericida e purificador do ambiente.

REFRESCAR Pinho:
Grande bactericida, descongestionante, expectorante, sinusite, gripe, bronquite, convalescença, dores musculares e reumáticas, regenerativo.

AMAR Rosa:
Tónico geral, cicatrizante, rejuvenescedor, regenerador celular, rugas, peles secas e normais, menstruação irregular, herpes, alivia cãibras, auto estima, conforta, antidepressivo, choque, pânico, traumas diversos, angústia, impaciência e tristeza.

CURAR Rose Gerânio:
Bactericida, cicatrizante, diurético, rejuvenescedor, regulador, antidepressivo, resgata a feminilidade, uso pré-menstrual (TPM), celulite, raiva, agressividade, frustração.

UNIFICAR Sândalo:
Regenerador celular, tónico geral, anti-séptico urinário, afrodisíaco, combate a frigidez, cicatrizante, egocentrismo, agressividade, stress, ansiedade, meditação, calmante.

DESPERTAR Tangerina:
Gestantes e crianças, tensão leve, medo, tristeza, irritabilidade, insónia, um grande relaxante associado com lavanda. Usar após o quarto mês de gravidez.

ENCORAJAR Tea Tree:
Excelente acção bactericida, fungicida, anti-infecciosa, herpes, micoses, fadiga física e mental, elimina fungos e purifica o ambiente, acne, picadas de insectos.

RESTABELECER Tomilho:
Estados gripais, resfriados, bactericida e problemas respiratórios. Cansaço físico, convalescença constante, repelente de insectos, revitaliza o físico e mental.

RECONECTAR Vetiver:
Desconexão, dispersão, estimulante hepático, renal e pancreático, regenerador celular, peles cansadas, tónico sexual, confortante, stress excessivo (crónico).

AMAR Ylang-Ylang:
Auxilia nos momentos de tristeza, grande anti-depressivo, raiva, melancolia, possessividade, ansiedade, stress, regulariza estados de TPM, auto-estima, auto-confiança, sensual, afrodisíaco, confortante.

segunda-feira, 19 de março de 2018

Os símbolos do Reiki


Os símbolos do Reiki são como chaves que abrem as portas do fluxo de energia vital do Universo. Quando activados através da intenção, de desenhos ou da imaginação ativa conectam rapidamente seus usuários a este fluxo.
Também é possível ver os símbolos do Reiki como botões que, quando pressionados, respondem automaticamente com um resultado “pré-programado”. Os símbolos do Reiki carregam em si códigos, crenças e intenções que ajudam o usuário a obter os resultados pretendidos através das energias metafísicas que representam.







sexta-feira, 9 de fevereiro de 2018

O Que é a Drenagem Linfática Manual?



A Drenagem Linfática é uma técnica de massagem que utiliza movimentos e pressão específicos, trabalhando o sistema linfático, de forma a aumentar a fluidez da linfa.
É através da estimulação da circulação dos líquidos acumulados entre as células e os resíduos metabólicos que se vai fazer a expulsão das toxinas e resíduos acumulados.
A eliminação destes resíduos e toxinas traduz-se no combate eficaz contra a celulite e gorduras localizadas, no melhoramento do sistema imunitário, na estimulação da regeneração dos tecidos e numa acção anti-inflamatória, tendo também efeitos relaxantes.
Com um só tratamento experienciará todos estes benefícios. No entanto, são aconselhadas sessões regulares para a obtenção do máximo potencial adelgaçante deste tratamento.

Drenagem Linfática Manual, passo a passo:

A Drenagem Linfática é um tratamento realizado com um toque e pressão muito suave, isto porque os vasos linfáticos são bastante superficiais, ficando entre a pele, os músculos e a gordura.
O tratamento inicia-se com a abertura dos gânglios principais que acumulam as toxinas produzidas pelo corpo, dificultando por isso a circulação linfática. Este processo é feito com a mão posicionada sobre o gânglio a fazer uma ligeira pressão, que terá a função de estimular o seu funcionamento.
Seguidamente é efectuado o direcionamento da linfa pelos canais linfáticos, com deslizamentos manuais superficiais, no sentido do gânglio estimulado. São também utilizados movimentos circulares e em forma de 'onda' para arrastar a linfa e estimular a circulação desta. É também feito um movimento de compressão e descompressão, para activar  as funções naturais dos vasos.
Todos os movimentos são feitos no sentido ascendente, sempre intercalando com bombeamento nos gânglios principais. No final, o tratamento termina com uma nova estimulação dos gânglios.

Benefícios da Drenagem Linfática:

Apesar de originalmente a Drenagem Linfática ter fins unicamente terapêuticos, hoje em dia a são cada vez mais as pessoas que a procuram para resultados de melhoramento estético.
Um dos principais benefícios deste tratamento é aumentar a fluidez do sistema linfático, desimpedindo-o e ajudando à libertação dos resíduos e toxinas acumulados no organismo.
A eliminação da celulite e a redução do efeito ‘casca de laranja’ são dois dos principais benefícios da Drenagem Linfática, assim como a perda de volume e a definição das formas naturais do corpo.
Ao desintoxicar o seu corpo aumenta a eficácia do sistema imunitário, protegendo o seu organismo de agressões diárias, preservando o seu bem-estar e zelando pela sua saúde.
A Drenagem Linfática é também aconselhada durante o período de gestação, onde é comum a retenção de líquidos. Além de atenuar esta situação, o tratamento também tem um efeito anti-stress, relaxando o corpo.

Antes & Depois da Drenagem Linfática cuidados a ter:

A Drenagem Linfática funciona como um processo de desintoxicação, e uma das melhores formas de manter os resultados dessa desintoxicação é uma alimentação saudável e a praticar exercício físico.
Uma actividade sedentária, ou que implica estar muito tempo sentado ou de pé, vai prejudicar os membros inferiores. O ideal é mobilizar o corpo, de forma a que os fluídos estagnados circulem fluidamente pelo organismo, evitando a sua acumulação.
A alimentação cuidada é imprescindível, por isso o ideal será eliminar os açúcares e as gorduras, reforçando a ingestão de proteínas, que irá reforçar os seus músculos e melhorar o aspecto da sua pele, tornando-a mais firme.
Uma das perguntas frequentes está relacionada com a ingestão, ou não, de água em maior quantidade. O ideal será beber 1,5L de água por dia, mas ingerindo doseadamente ao longo do dia. A água é essencial ao perfeito funcionamento do organismo, podendo ter um efeito desintoxicante.
Uma excelente forma de hidratar o seu corpo e potencializar os efeitos da Drenagem Linfática é através do Chá verde. Rico em cafeína (não sendo por isso aconselhável a pessoas com problemas cardíacos), o Chá Verde vai acelerar o metabolismo, fazendo com que o organismo despenda mais energia. Esta infusão funciona como um drenante, e por ser antioxidante, ajuda a desintoxicar o organismo antes e depois do seu tratamento.
Por isso, para potenciar os efeitos  da sua Drenagem Linfática poderá fazer uma preparação do seu corpo, fazendo com que os resultados perdurem. Para isso, tenha em atenção a sua alimentação, beba chá verde e evite estilos de vida sedentários.

sexta-feira, 26 de janeiro de 2018


quinta-feira, 11 de janeiro de 2018


quinta-feira, 21 de dezembro de 2017


quinta-feira, 21 de setembro de 2017

Curso Reiki nivel I


Curso dia 4 de Novembro

O primeiro nível de Reiki tem a duração de 1 dia, com um mestre (instrutor) habilitado. Neste curso, o mestre ensina a teoria e a história do Reiki, assim como os métodos de aplicação necessários à prática e á meditação.
A parte mais importante de um curso de Reiki é a iniciação. Consiste de um rápido ritual, em que o mestre abre os canais energéticos do seu aluno, que passa a conseguir canalizar a energia Reiki e aprende a tratar de si (auto tratamento) e dos outros.

Programa do Curso:

. Historia do Reiki
. O que é o Reiki
. Posições de auto-aplicação de Reiki
. Aplicação de Reiki aos outros
. Cinco Princípios do Reiki
. Os Chakras
. Tecnicas e prática de meditação
. Os 21 dias de purificação
. Partilha de Reiki

PUBLICO ALVO:
Qualquer pessoa que queira desenvolver o seu crescimento pessoal, encontrando alguma paz e equilíbrio para si e para os que o rodeiam.
Todos aqueles que pretendem abraçar a energia do universo e crescer com ela.

INSCRIÇÕES E INFORMAÇÕES:

Mail: cristina@espaco-zen.com

Tlm: 927 577 440

Valor : 60 € (pagamento de 10€ no acto de inscrição, valor não devolvido no caso de desistência, o restante é pago no dia do curso). È preciso enviar comprovativo de pagamento por mail para validar a inscrição.
As vagas são limitadas.

As inscrições terminam dia 29 de Outubro (Domingo).

MATERIAL NECESSÁRIO:
- Roupa confortável e branca (meias grossas)
- Garrafa de água
- Trazer almoço (opcional )
- Bloco de apontamentos
- Muita vontade de aprender e participar

MATERIAL DISTRIBUÍDO:
- Manual
- Certificado
- Boas energias
- Boa disposição

RECOMENDAÇÕES:
Na véspera beber muita água e comida leve, para que a vossa energia circule mais facilmente)

Formadora/Mestre: Ana Cristina Teixeira

quarta-feira, 5 de julho de 2017

Reiki para tratar a ansiedade



Cada vez aumenta mais a percentagem da população que sofre de depressão e ansiedade, Para tratar estas patologias as terapias alternativas, como o Reiki, têm uma contribuição fundamental. Estas terapias não excluem o uso de medicação, mas complementam-na e, depois de já não ser necessária, ajudam a que consiga deixa-la (fazer o desmame) sem sofrer efeitos secundários.
Através do Reiki é possível controlar os principais sintomas de ansiedade, como  irritabilidade, insónias, medo irracional, palpitações e dores no peito. O reiki trata-se não só de uma terapia complementar, mas também um filosofia de vida que defende que um espírito saudável leva a um corpo saudável.

O reiki, além de tratar os sintomas de ansiedade procura as causas para a mesma avaliando a pessoa no seu  todo, através das suas “energias”. A pratica de reiki leva também a um aumento da auto-estima, fundamental para tratar patologias depressivas. As técnicas respiratórias praticadas nas sessões ajudarão a que se sinta mais relaxado e livre de preocupações.

terça-feira, 6 de junho de 2017

15 MANEIRAS DE ELIMINAR A ENERGIA NEGATIVA DA SUA CASA





Organização, limpeza e sal grosso são alguns passos para encher a sua casa de energia positiva.
É normal que vez ou outra você não se sinta completamente bem em casa. Mas se esse sentimento está sendo constante, causando inclusive dores de cabeça, mal estar, insónia e sensação de cansaço, pode ser que esteja na hora de eliminar as energias negativas do ambiente. Isso pode ajudar a melhorar o seu humor, além de inspirar sentimentos positivos para todos os moradores.

Renove o ar:
O primeiro passo para remover a energia negativa da sua casa é abrir todas as janelas e deixar o ar se renovar (mesmo que esteja frio lá fora). “Movimento e fluxo limpam a energia. Você pode até visualizar o espaço sendo limpo e reenergizado por alguns segundos se quiser”, Enquanto isso, sacuda os travesseiros e as roupas de cama. Ar fresco é tudo!

Acenda um incenso:
A fumaça perfumada do incenso é uma prática espiritual e de meditação – então por que não experimentar em casa? Isso pode ajudar a melhorar a energia e criar uma atmosfera calma e serena.

Conserte ou elimine móveis e objectos quebrados:
Mesmo que esse objecto tenha um significado especial para você, talvez não valha a pena se prender a ele. Coisas quebradas podem trazer essa energia travada e negativa para a sua casa.

Esborrife óleo essencial de laranja (ou outros óleos essenciais)
O aroma da laranja faz lembrar um dia de verão, com muito sol e alegria. Limpa o ambiente e eleva o seu humor. Dilua as gotas do óleo em um pouco de água e esborrife pelas assoalhadas .

Elimine a desordem o mais rápido possível:
Objectos retém muita energia, tanto mental, quanto psicológica e até espiritual. E eles podem atrapalhar o seu bem estar. Por isso, quando você organiza suas coisas, você se sente melhor. A desordem também pode te deixar cansada e stressada .

Toque um sino no seu quarto:
Basta tocar um sino em cada canto da ponta até a porta. Defina mentalmente a intenção de que as ondas sonoras levem a energia negativa embora e tragam a energia positiva para dentro.

Pinte uma parede de amarelo:
A cor tem um papel fundamental na casa e pode ajudar a neutralizar a energia ruim. Em termos decorativos, ela pode ajudar o ambiente a parecer maior, mais quente e mais aconchegante.

Coloque sal grosso nos cantos:
“Cristais de sal têm uma habilidade natural para absorver energia negativa”. Para absorver a energia negativa de proprietários anteriores, coloque sal grosso nos quatro cantos de cada assoalhada. Depois de 48 horas, retire o sal ou varra e jogue fora.

Evite ângulos afiados:
Uma das regras mais importantes no feng shui é remover a maior quantidade de móveis e objectos com ângulos afiados possível. Sabemos que não é fácil, mas investir em vasos, aba jures, mesas e outros objectos circulares trará energia positiva para sua casa.

Inclua mais espelhos:
Para atrair energia positiva, espalhe vários espelhos pela casa. Eles também ajudam a limpar a mente.

Proteja as entradas:
Portas e janelas que dão para fora são entradas de energia. Para manter essas áreas purificadas, encha um balde de água com suco de limão, sal e vinagre branco e passe a mistura nas maçanetas e janelas. Depois disso, derrame sal grosso em todas as entradas e cubra com o capacho para evitar a entrada de energia ruim.

Queime sálvia:
Queimar rolos brancos de sálvia pela casa movendo-os em direcção anti-horário é outra boa ideia para limpar as energias.

Aposte nas plantas:
Além dos vários benefícios que as plantas trazem para nós e para a casa, elas também são um filtro natural das más energias. Que tal deixar um vasinho em cada espaço?

Use cristal preto de turmalina
Espalhe-os pela casa para um impacto maior.

Mude os móveis:
Mude os móveis pode fazer maravilhas para a energia da sua casa. A mudança não precisa ser extrema: pode ser a mudança de ângulo de uma cadeira ou até mesmo colocar o vaso em outra direcção.

terça-feira, 30 de maio de 2017

Como Ajudar Alguém com Ataques de Pânico



O Ataque de Pânico é uma das perturbações emocionais mais limitantes que uma pessoa pode sentir, quer seja pela intensidade dos seus sintomas ou pela falta de compreensão da origem do problema.

As sensações são tão fortes que, frequentemente, a pessoa acredita que vai morrer. Se conhecer alguém que sofra de Ataques de Pânico aqui ficam alguns conselhos para poder ajudar.

1.Perceber os sintomas

O Pânico é um medo elevado ao extremo; a sensação fisiológica de um Ataque de Pânico é tão forte que as pessoas sentem-se a perder o controlo do próprio corpo, e pensam que podem morrer com a pressão dos sintomas.

Os principais sintomas do Ataque de Pânico são:

. Palpitações, dor no peito
. Taquicardia
. Suores
. Tremores
. Boca Seca
. Sensação de despersonalização
. Entre outros…

Nota: O Ataque de Pânico pode demorar vários minutos até as sensações diminuírem de intensidade. É normal sentir-se apreensivo e ansioso ao ver uma pessoa entrar em pânico. Contudo, recorde-se que ninguém morre de Ataque de Pânico. Assim, tente apaziguar a pessoa e controlar a situação sendo paciente.

2. Ao assistir a pessoa com Ataques de Pânico

.Pergunte à pessoa em pânico se ela sabe o que está a acontecer. Se ela souber vai referir-lhe que está a ter um Ataque de Pânico. Se não souber, procure assistência médica de urgência. Recorde-se que os sintomas de um Ataque de Pânico são muito semelhantes aos de um enfarte.
.Procure assistência médica sempre que exista uma dúvida sobre o estado da pessoa.
.Tente reduzir a quantidade de Ansiedade na situação que está a ser experienciada.
.Não vá contra a vontade da pessoa: se ela achar que o melhor é ir para o hospital, ajude-a.
.Fique com a pessoa e mantenha a calma.
.Evite frases como: “acalma-te” ou “não tens que ter medo” ou “o que se passa contigo?”. .Diga antes: "Está tudo bem, é só um Ataque de Ansiedade que já vai passar", "as sensações são fortes mas não prejudicam o teu corpo", "Já te aconteceu outras vezes e passou rapidamente, esta também vai passar".

3. Tente encontrar a causa do Ataque de Pânico

.Fale com a pessoa num tom calmo e seguro;
.Pergunte o que lhe está a incomodar;
Afaste-a das experiências que a perturbam, como sair do sitio onde está, evitar o que lhe for perturbador;
Não desvalorize os medos ou receios;
Motive a pessoa a tentar recuperar uma respiração lenta e profunda;
Seja paciente (espere que o ataque passe - em média, entre 5 a 15 minutos.

4. Procure Ajuda

Aconselhe a pessoa a fazer psicoterapia, fazendo-a entender que não se trata de uma doença irreversível mas sim de um estado que se consegue alterar.

Texto de Cécile Domingues, Diretora da Clínica da Mente

quarta-feira, 19 de abril de 2017

A ansiedade é uma doença grave e estes são os principais sintomas

Antes de enumerar os sintomas da ansiedade, conto primeiro um episódio que pode ser de qualquer um, é só se identificar.



"Sem razão aparente, Megan, de 40 anos, estava tendo os piores dias de sua vida, ultimamente. As crianças já tinham crescido, a casa e o jardim eram perfeitos, e a carreira do marido era boa. Mas algo estava profundamente errado com esse mundo e com ela. Ela mal conseguia dormir à noite, com vários pensamentos rodando em sua cabeça, e embora ela dormisse mais do que o suficiente, ela nunca estava bem durante o dia. Ela começou a sofrer de dores de cabeça e de pressão alta, o que a forçava a ficar na cama por uma ou duas horas. Sem sinais de nenhuma doença, ela se sentia doente.

No entanto, a pior parte era a agitação constante que ela sentia sobre tudo o que fazia e sobre tudo que estava ao redor dela. Fosse lavando a louça, ou fazendo compras no shopping local, ou jantando em um restaurante chique com o marido — ela sempre esperava que algo horrível fosse acontecer. As coisas ficaram ainda piores quando a habilidade dela em focar em vários assuntos diminuiu, e ela começou a sentir ataques de pânico. Quando ela compartilhou suas preocupações com os amigos, a maioria deles dizia: “Por que você se preocupa? Não há nada com que se preocupar! Eu gostaria de ter os seus problemas.” Somente um dos amigos de Megan sugeriu que ela se consultasse com um médico.

Quando Megan não conseguiu mais aguentar, ela resolveu se aconselhar com um médico. Depois de alguns exames, ele explicou que ela estava sofrendo de desordem de ansiedade generalizada (DAG) e que precisava de um tratamento combinado de medicamentos e de psicoterapia, que ela concordou. Eventualmente, Megan se recuperou e retornou à sua vida normal. Ela aprendeu como controlar os medos e foi capaz de ser feliz novamente."

Se você acha que a história de Megan é parecida com a sua, nós recomendamos que você converse com um médico sobre o problema. A ansiedade é a preocupação sobre coisas que normalmente não impactam as pessoas. Não importa quão pequeno esse problema possa parecer para as outras pessoas, não é assim para quem sofre de DAG. Ao impactar a esfera emocional, essa desordem é difícil de ser controlada com o poder da mente. Ela necessita de tratamento profissional, embora alguns métodos de autoajuda possam ser aplicados.

Os especialistas dizem que os sintomas de DAG são os seguintes:

1. Corpo:

- tontura
– coceira e picadas na pele (principalmente nos membros e na cabeça)
– sistema cardiovascular: alterações do batimento cardíaco, aumento da pressão sanguínea
– tensão nos músculos
– aumento da necessidade em usar o banheiro

2. Emoções:

- você se sente ansioso
– você se sente preocupado com coisas que antes não pareciam tão graves
– você se sente nervoso e tenso
– Você tem ataques de pânico
– o mundo parece acelerar e desacelerar

3. Mente:

- você antecipa o acontecimento de coisas ruins, sem nenhuma razão óbvia
– você só vê o lado ruim de vários fenômenos
– você não consegue parar de pensar sobre algo em particular, que fica rodando em sua cabeça

4. Estados gerais:

- sentir-se doente sem nenhum outro sintoma
– Incapaz de dormir por um longo tempo
– incapaz de relaxar
– difícil de manter a concentração
– suor e ondas de calor
– diminuição da concentração

5. Aspectos sociais:

- parece que todos estão olhando para você e que sabem que você está ansioso
– falar sobre o problema é difícil para você

Apenas lembre-se! Você é capaz de superar esse problema com o auxílio de um profissional! Experimente a terapia Reiki e veja o resultado.
Viva com saúde e seja feliz!

quarta-feira, 5 de abril de 2017

Depressão



Os estados depressivos, em geral, estão muito ligados a uma incapacidade de sentir contentamento. Todo mundo na vida já passou por algum episódio depressivo: no fim de um relacionamento, após a morte de alguém querido, as vezes até mesmo depois do parto.

Sentimos a vida como se estivéssemos dentro de uma nuvem cinza . Tudo fica sem graça. Difícil ter ânimo e fazer as coisas que antes nos mobilizavam rapidinho. Sensação de âncora e peso em todo o corpo.

Geralmente com o tempo, o apoio dos amigos ou a existência de coisas prazeirosas na vida vão fazendo a gente inverter essa polaridade de tristeza. Aos pouquinhos parece que a nuvem vai se esvaindo e a vida volta a ter um colorido. A gente volta a ter ânimo (Alma!) para viver e encantar.

A cura, o sentido e a qualidade da vida…

Como fazer para tirar pessoas de quadros depressivos? Existem actualmente uma série de formas de tratamento para a depressão, uns mais invasivos, outro menos. Gosto das abordagens mais integrativas, que partem do princípio que todos nós somos compostos de muitos aspectos e que buscam cuidados que garantam a cura de forma mais completa.

É bem comum actualmente a medicina prescrever remédios aos pacientes depressivos para que eles consigam superar esse momento, ter um sono de qualidade, diminuir os pensamentos negativos, etc. Mas será que apenas os medicamentos estarão garantindo uma mudança no sentido e na qualidade da vida dessas pessoas?

Mais do que olhar para alguém em depressão e enxergar um doente, gosto de entender que há uma pessoa a ser cuidada em seus aspectos físicos, mentais, emocionais, energéticos e espirituais. Por isso acredito que apenas os remédios são pouco para transformar a situação de alguém em depressão. É preciso mudar seu padrão, activar sua energia vital .

E como fazer para activar a energia vital? Actualmente existem muitas formas que podem ser utilizadas para que a energia vital de alguém seja activada. Reiki é claramente uma delas…

Os pacientes que já acompanhei sempre descrevem uma sensação de bem estar perdida há algum tempo, um aumento na confiança e na energia para realização de tarefas, uma diminuição na tristeza, um reestabelecimento do equilíbrio e da auto-estima e muitos outros efeitos benéficos.

Transformação vital

Tratamentos de longo prazo ainda permitem que a pessoa passe a escolher caminhos mais positivos, reestabelece o sono saudável, traz de volta o sonho e a possibilidade de uma vida leve e feliz. Tudo isso sem que seja preciso muito esforço: Reiki é uma terapia que se recebe de forma passiva , ideal para que se transforme o desânimo depressivo em uma atitude activa e positiva.

Geralmente depois de tratamentos em Reiki, pacientes com quadros depressivos são capazes de buscar por conta própria os seus próprios caminhos, conseguindo participar activamente de seu processo de cura.

Em muitos casos os remédios passam a ser diminuídos pelos médicos e as transformações persistem, pois quanto mais estamos plenos e inteiros, mais próximos estamos da cura.

Reiki cura o corpo, alivia dores, acalma emoções, equilibra a mente, clareia pensamentos, ilumina a Alma, auxilia na escolha de caminhos.

terça-feira, 7 de março de 2017


O que é o REIKI


O Reiki é uma prática onde um iniciado (Reikiano) é o “canal” para transmissão e condução da Energia Vital, para uma pessoa ou de qualquer ser vivo (animal ou planta).
A transmissão pode ser realizada, através do toque das mãos, e até mesmo á distância.
Esta energia actua, na memória inteligente do sistema vivo, agindo no ponto que ele mais precisa; ou seja, ao aplicar Reiki, é o ser vivo que “puxa” a energia de acordo com sua necessidade. Por esta razão, qualquer pessoa pode-se tornar um transmissor de energia, independente de etnia, crença, nível de conhecimento ou religião.

É como se todos nós fossemos bambus (canais). Somos capazes de transmitir Energia vital para qualquer ser vivo.
Como prática complementar, o Reiki pode-se juntar a medicina tradicional, ou homeopática (entre outras), ampliando os efeitos positivos das técnicas da medicina, minimizando efeitos colaterais.

Qual A Sensação:

Depois de receber Reiki, é natural sentir-se bem disposto, energizado, como se acabasse de voltar de uma boa noite de sono. Todos podem receber Reiki, sem limite de idade.
O próprio transmissor (Reikiano) pode transferir Reiki para si próprio através da auto aplicação.

Quais Os Benefícios:

Os benefícios do Reiki variam de um indivíduo ao outro, incluindo relaxamento e alívio de sintomas do stress, dor, fadiga, ansiedade e insónia, entre outros.
Podemos dizer que o Reiki:
Reduz e alivia consideravelmente o stress provocando no organismo profunda sensação de paz, relaxamento, conforto e tranquilidade
Pode ser usado em crianças, bebes, adolescentes, adultos, idosos, animais de estimação e nas plantas
Limpa, clarifica e ordena nosso campo energético melhorando o fluxo e a distribuição de energia
Auxilia no tratamento do câncer, reduzindo os efeitos colaterais e nocivos da quimioterapia
Melhora a circulação sanguínea
Ajuda na recuperação rápida de lesões
Actua na desintoxicação de órgãos como rins, bexiga, intestinos e fígado
Ajuda o bom funcionamento do corpo humano como todo
Podemos utilizá-lo para uma infinidade de situações em nossas vidas e para as mais diversas necessidades e estes foram apenas alguns exemplos, pois a lista de benefícios que o Reiki proporciona na vida e na saúde das pessoas é vasta.
Porém, é importantíssimo frisar que o Reiki deve sempre actuar como uma prática complementar ao tratamento médico convencional, pois o Reiki activa os processos de regeneração (além, claro, da desintoxicação celular), mas não o substitui.
Exactamente por isso o Reiki tem sido um grande aliado da Medicina e vem sendo promovido em grandes e importantes Hospitais da rede pública e particular .
http://rsfbrasil.org/

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Relacção Entre a Aura e o REIKI




A aura é um campo de energia que envolve o corpo humano. A nossa aura  se conecta através de centros de energia chamados chakras. Uma pessoa tenha habilidades espirituais psíquicas ou altamente sintonizadas consegue ver a Aura a olho nu, para os restantes a Aura é invisível.


Em palavras sucintas, a aura é um campo de força electromagnética que envolve todos os organismos vivos e objectos neste universo.

A aura é um campo energético composto por um conjunto de energias electromagnéticas. Estas energias variam em densidade e cor e são emanadas para o exterior e em torno do corpo humano. Este campo electromagnético de energias rodeia todo o corpo humano  tem uma forma oval e no seu centro fica o corpo da pessoa. A Aura, tem varias cores e tamanho, que mudam à medida que evoluímos na espiritualidade e a nossa alma evolui.

As sete camadas da Aura

A Aura é composta por sete camadas chamados “corpos auricos ‘. Estes corpos auricos correspondem aos sete chakras principais no nosso corpo subtil (Corpo Subtil é o nosso ser espiritual que espelha nosso corpo psíquico). Semelhante aos Chakras, a velocidade e vibração ressoa nestes corpos áuricos. Cada corpo áurico tem sua própria frequência. Os Chakras precisam de equilíbrio para dar-nos uma óptima saúde física, mental, emocional e espiritual, representação ou tarefa semelhante têm as sete camadas auricas.



As sete camadas auricas são:

1 – Emocional: ligada à tiróide e ao emocional (seu equilíbrio é importante para receber benefícios dos Seres).

2 – Astral: ligada à amígdala e à projecção astral e os sentidos (capta a frequência espiritual).

3 – Físico: ligada ao pâncreas e às reacções químicas do corpo (capta a ressonância da primeira camada reflectindo assim no físico).

4 – Extra-físico: ligada ao apêndice (indica a vibração de contacto e projecção extra-física e mental).

5 – Campo Magnético: ligada à glândula pituitária e pineal, consciência e razão (indica interacção fenómenos de interagir na matéria e com outras mentes, energia crística, vibrações alquímicas e transmutativas).

6 – Polaridade: ligada à glândula supra-renal (indica a energia das glândulas e a bipolaridade).



7 – Transmutação – ligada ao fígado (indica a protecção dos seres, estabilização, transmutação e grau evolutivo).

Quando uma pessoa faz a sua iniciação no Reiki (sintonização), a sua aura fica maior do que aqueles que não foram sintonizados. Isso ocorre porque o Reiki também reforça a aura. Houve casos em que uma pessoa tinha uma aura com uma extensão de alguns decímetros antes do tratamento, e depois da iniciação Reiki passou a ter uma aura de 2 a 3 metros. Quando a aura é reforçada desta maneira, a pessoa também desenvolve a intuição, a consciência e força espiritual interior. No caso aplicação de Reiki à distancia a aura do paciente deve ser o primeiro alvo da nossa atenção para limpar a aura, para permitir que os chakras possam mais facilmente receber a Energia Universal. Caso contrário, é mais difícil para o Reiki conseguir alcançar a pessoa.

Fonte:vidalusa

sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

quinta-feira, 24 de novembro de 2016

DICAS PARA O AJUDAR A EXPLICAR O REIKI A OUTRAS PESSOAS

Um dos desafios mais complicados que um praticante de Reiki pode ter é assumir perante os outros que é reikiano. Para tal impõe-se logo de imediato que sejamos capazes de responder às questões que nos colocam, feitas por pessoas que na maior parte das vezes nunca ouviram falar acerca do Reiki.

Se explicarmos o Reiki de forma desadequada, pode induzir as pessoas em erro levando-as a pensar que o Reiki é uma religião ou uma outra coisa qualquer, muito diferente do que realmente é, iremos dar hipótese para que se formulem juízos de valor errados, afastando as pessoas desta maravilhosa ferramenta que os iria ajudar a viver uma vida mais feliz e mais saudável. Por isso aprender a explicar o que é o Reiki e a forma como funciona é muito importante. Tal como existem pessoas com personalidades diferentes, também existem varias formas de explicar o Reiki.  Por isso é necessário que para cada uma delas se faça uma explicação diferente.

Algumas pessoas estão prontas para aprender mais do que outras, e a explicação deve-se adequar consoante as necessidades da pessoa em concreto. Muitas pessoas vão querer saber mais, se você apenas lhes der uma pequena quantidade de informação. Por outro lado se você sobrecarregá-los com demasiada informação de uma só vez, podem perder o interesse ou não entenderem nada. Pense como se estivesse a explicar algo muito novo a uma criança que nunca tivesse ouvido falar antes acerca do assunto. Para essas pessoas será sempre melhor dar um pequeno pedaço de informação e deixá-las liderar o caminho com as suas perguntas.

Pode ser uma ajuda para si recordar-se do tempo em que ouviu falar pela primeira vez de Reiki. Que tipo de coisas que você queria saber? Quais as informações que você achou confusas? Quais as informações que você achou úteis?

Outra boa forma de explicar o Reiki é dizer que é um método de cura por intermédio de energia que é feita colocando as mãos numa série de posições, podendo envolver o contacto com as mãos do terapeuta ou não. Se a pessoa aí quiser saber mais, explique que o Reiki promove a cura, através da ativação da cura emocional e relaxamento e ajudando o corpo a equilibrar-se a partir de um nível muito profundo. Finalize a explicação oferecendo uma sessão de Reiki, se a pessoa previamente tiver demonstrado interesse. Uma sessão de Reiki valerá certamente mais do que mil palavras.

 Uma coisa que pode assustar as pessoas é o uso de terminologia espiritual. Esse tipo de terminologia pode levar a pensar que o Reiki é uma prática religiosa ou que vai contra certas religiões. Muitas pessoas sentem-se pouco à vontade quando se fala nas palavras “espiritual” ou “espírito”. Use o bom senso para decidir se a pessoa é capaz de entender que a cura ocorre a todos os níveis, incluindo ao nível da alma.

Algumas pessoas vão querer que você explique como funciona o Reiki, o que na verdade é a pergunta mais difícil que lhe podem formular, pois ninguém realmente sabe ao certo a resposta. Mas você pode dizer-lhes que o Reiki permite ao terapeuta canalizar energia, disponível no universo para o corpo do paciente através das mãos do terapeuta e que esta irá equilibrar e promover a cura. Você também pode falar acerca do facto que foi cientificamente comprovado que o reiki reduz os níveis de dor, acelera a cicatrização e relaxa a mente e o corpo, e que já é usado em hospitais como método terapêutico complementar. Certifique-se de que a pessoa compreende que o Reiki só pode fazer o bem e nunca pode causar danos, e que não é uma cura milagrosa para qualquer doença, mas sim pelo menos uma ajuda preciosa para equilibrar o ser no seu todo e assim potenciar a cura.

Deixe que seja a capacidade de compreensão da pessoa com quem está a falar a  guiá-lo acerca da forma e no que irá dizer. Quando uma pessoa quer saber mais e fica entusiasmada, você irá sentir. Da mesma forma, você vai perceber quando uma pessoa não é capaz de absorver muita informação. Lembre-se que o seu papel não será forçar alguém a gostar ou a querer praticar reiki, pois irá transmitir uma ideia que está a agir por interesse ou com algum proveito próprio. Tente demonstrar que o seu único interesse é divulgar o reiki para ajudar os outros a ter uma vida melhor com mais saúde e felicidade. Após uma boa explicação acerca do reiki,  a pessoa que a recebeu irá naturalmente querer saber mais informações sobre Reiki, e irá procura-lo a si ou outra pessoa que os inicie e ajude. Como reikianos, devemos agir com cautela adequando o ritmo de aprendizagem para que seja confortável para cada pessoa especificamente.

É muito importante transmitir a ideia que o Reiki é um caminho a percorrer com varias fases de evolução, sendo certamente necessário muito mais do que uma conversa de alguns minutos para conseguir entender o que é o Reiki na sua totalidade. É importante do mesmo modo explicar que para ser reikiano terá que receber a sintonização e dominar algumas técnicas e símbolos.

Demonstre-se disponível para o fazer ou encaminhar a pessoa nessa caminhada.

Namastê Vidalusa T.L,

https://vidalusa.eu/explicar-o-reiki-a-outras-pessoas/

sexta-feira, 14 de outubro de 2016

terça-feira, 11 de outubro de 2016

5 SINAIS DE QUE SEU ESPÍRITO GUIA ESTÁ TENTANDO TE CONTACTAR



Ver um certo número repetidas vezes, poderia ser um sinal de que o seu guia espiritual está tentando chegar até você e levá-lo para a próxima grande coisa que está prestes a acontecer na sua vida.

Algumas pessoas confundem essas situações repetitivas com meras coincidências, no entanto, são mais do que isso.

Sempre que você começa a ver um padrão em algo que gosta ou sem tem notado muita sincronização ocorrendo em todos os lugares que vai, isso significa que o seu guia espiritual está pronto para ajudá-lo a fazer um despertar espiritual profundo.

Aqui estão cinco coisas que acontecem quando seu espírito guia está tentando contactá-lo

1. Te alcança através da música

O seu espírito guia tem uma maneira maravilhosa de saber que tipo de música você precisa em momentos específicos de sua vida. Você pode ouvir uma música muito antiga, que nunca mais ouviu ou uma música que nunca ouviu antes.

Isto é o seu guia espiritual tentando se conectar a você e fazer você se sentir de uma certa maneira, no momento presente. Ele sabe que uma das conexões mais profundas que temos com tudo o que nos rodeia é através da música.


Ouça atentamente as letras, encontre a repetição, e deixe-se experimentar o despertar que ele estava esperando para te mostrar.

2. Te alcança através de sonhos

Você pode ter notado que há um certo padrão em seus sonhos recentemente. Talvez você tenha visto uma coisa específica em seus sonhos ou um sentimento familiar que estava muito esquecido até recentemente.


Isto é o seu guia espiritual tentando lhe dizer algo através dos sonhos que você está tendo. Na próxima vez que o sonho se repetir, pode ser o seu próximo passo para ter um despertar espiritual.

3. Te alcança através de cheiros

Seu espírito guia sabe exactamente quais tipos de cheiros accionam a sensação de amor dentro de você. Quase como um cheiro muito nostálgico que você amou por muito tempo e não teve a oportunidade de sentir até recentemente.

Isto é o seu guia espiritual tentando chegar até você através dos cheiros que você associa a ser amado, triste, preocupado, ou qualquer outra emoção que faz você se sentir de uma certa maneira.


Se estes cheiros nostálgicos continuarem te encontrando de alguma forma todos os dias, pode ser sua chance de experimentar um despertar espiritual.

4. Te alcança através de mudanças repentinas


Se você percebeu que está passando por algumas mudanças repentinas de pensamento, o seu guia espiritual está tentando chegar até você quando está sofrendo de depressão, tristeza ou qualquer tipo de mau sentimentos.


Ele quer te dizer para não perder a esperança e seguir em frente com a vida, mesmo que as coisas estejam indo mal. O seu guia de espírito está tentando te alcançar, dando-lhe essa mudança para fazer você ver o lado mais brilhante na vida.

5. Te alcança através de mensagens


Seu espírito guia vai encontrar várias maneiras de chegar a você através de mensagens que você pode estar lendo no momento. Tomemos como exemplo uma leitura que obrigou-lhe a chorar ou rir, isto é seu guia espiritual tentando se conectar a você, fazendo você sentir algo profundo dentro de si mesmo.


Todas essas são indicações de que o seu guia espiritual está tentando desesperadamente fazer contacto com você e orientá-lo no caminho certo para o seu próximo grande despertar espiritual. É importante que você permita-se estar aberto às possibilidades do mundo para que possa experimentar uma conexão mais profunda com seu guia.

                                                                                                                                                                      Fonte: Higher Perspectives


sábado, 1 de outubro de 2016

terça-feira, 20 de setembro de 2016